Coronavírus: SP identifica variante sueca e mutação da cepa de Manaus


Modificações no vírus podem torná-lo mais transmissível ou reduzir o grau de proteção oferecido pelas vacinas

Coronavírus: SP identifica variante sueca e mutação da cepa de Manaus

Foto: Camila Souza/GOVBA

Por: Metro1

O Instituto Butantan anunciou nesta segunda-feira (26) ter identificado no Estado de São Paulo a variante sueca e uma mutação da cepa originalmente identificada em Manaus (P1) do coronavírus. Além disso, os cientistas identificaram um novo caso da variante sul-africana.

A variante sueca, B.1.318, e a N9, mutação da variante amazônica, são tidas como variantes de interesse, o que significa que elas têm potencial de risco, porém não há estudos suficientes para confirmar isso. Já a sul-africana, B.1 351, é classificada internacionalmente como variante de preocupação.

Especialistas afirmam que modificações no vírus podem torná-lo mais transmissível ou reduzir o grau de proteção oferecido pelas vacinas.