Governo do Estado investe na carreira do magistério


O Governo do Estado segue investindo na valorização dos professores. Além de cumprir o piso salarial, vem concedendo avanços na carreira do magistério através de benefícios como gratificação de estímulo ao aperfeiçoamento profissional, promoções para professores e promovendo a formação inicial e continuada dos profissionais da Educação.

Entre os anos de 2015 e 2019, o Estado concedeu mais de 100 mil benefícios de promoções e progressões na carreira, como gratificação de estímulo ao aperfeiçoamento profissional, promoções nos graus e progressão funcional por avanço vertical na carreira do magistério estadual.

O Governo também investe na formação inicial e continuada, não somente dos professores da rede estadual, mas também dos municípios, através do regime de colaboração. Com a realização do curso on-line Uso Pedagógico de Tecnologias Educacionais, mais de 22 mil educadores que concluíram o curso tiveram um ganho médio de 14% nos seus salários. Além disso, por meio do Instituto Anísio Teixeira, promoveu a formação continuada de 6,6 mil educadores, entre diretores escolares, coordenadores pedagógicos e equipe técnica das redes estadual e municipais de ensino. Também realizou a formação de 89 professores indígenas, que receberam seus diplomas de Magistério Indígena em 2018 e de mais cerca de 500 indígenas, em 2019, incluindo os das redes municipais, fizeram cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) nos polos de Itabuna, Porto Seguro e Paulo Afonso.

O Estado também segue investindo na Educação Superior com 900 promoções da carreira e ganhos de 22,75% para os docentes das universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesc e Uesb), o que implica em um impacto financeiro de R$ 12,7 milhões, em 2019, e de R$ 16,9 milhões, em 2020.

 

FONTE: Acorda Cidade